Rio de Janeiro Carrinho de reciclagem de catador é roubado na Baixada Fluminense

Carrinho de reciclagem de catador é roubado na Baixada Fluminense

José Carlos, de 60 anos, já trabalha com reciclagem de papelão e latinhas há 20 anos; crime aconteceu em Nova Iguaçu

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *, com Adriana Rezende da Record TV Rio

José Carlos teria pago R$ 800 no carrinho

José Carlos teria pago R$ 800 no carrinho

Reprodução/ Record TV Rio

O carrinho de um catador de material reciclável foi furtado em frente de casa em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A ação do ladrão foi registrada por câmeras de segurança.

O catador José Carlos Gomes de Paiva, de 60 anos, trabalha recolhendo latinhas e papelão nas ruas há 20 anos. Com o valor arrecado na reciclagem, ele ajudava três filhos e sete netos.

Em entrevista à Record TV Rio, José comentou emocionado que agora está impossibilitado de trabalhar.

"Meus netos me pedem biscoito e eu não posso dar. Isso me corta o coração. Tirou as coisas boas que eu dava para os meus netos", desabafou.

No momento do furto, o catador havia ido ao sacolão fazer compras e decidiu não trancar o carrinho porque era período diurno e a rua é movimentada.

José Carlos informou que soube que o ladrão estava tentando vender o carrinho por R$ 150. O catador disse que comprou o veículo por R$ 800,00. Vizinhos sensibilizados fazem campanha e tentam localizar ladrão para que o reclicador tenha seu meio de trabalho de volta.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas