Rio de Janeiro Casa de policial vira “UPP da milícia” na zona oeste, segundo denúncias de vizinhos

Casa de policial vira “UPP da milícia” na zona oeste, segundo denúncias de vizinhos

Dono do imóvel está sendo investigado pela corregedoria e foi afastado dos trabalhos na rua

Casa de policial vira “UPP da milícia” na zona oeste, segundo denúncias de vizinhos

Casa na Praça Seca serve como dormitório e base para milicianos na zona oeste, segundo denúncia de vizinhos

Casa na Praça Seca serve como dormitório e base para milicianos na zona oeste, segundo denúncia de vizinhos

Reprodução Rede Record

A casa de um policial militar do Batalhão de Choque estaria sendo usada como uma espécie de “UPP de milicianos”, segundo denúncias de vizinhos no bairro da Praça Seca, na zona oeste do Rio.

A suspeita é de que homens ligados ao ex-policial Luiz Monteiro estariam tentando retomar o controle sobre as comunidades Bateau Mouche e Covanca, que atualmente são “comandadas” pelo tráfico de drogas.

A residência apontada como a sede da “UPP da milícia” é simples, pintada de azul e branco, que são as cores da polícia militar no Rio. De acordo com as denúncias, o espaço serve como base e dormitório para milicianos.

Segundo nota oficial da PM, o sargento do Batalhão de Choque proprietário do imóvel foi afastado das funções na rua e está realizando serviços internos enquanto é investigado.

Operação na Covanca

Equipes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) deixaram a comunidade da Covanca, na zona oeste, na manhã desta segunda-feira (23) após passarem o final de semana percorrendo a comunidade à procura de criminosos. Na sexta-feira, o sargento Marco Antônio Gripp morreu em troca de tiros com traficantes. Não houve confrontos no sábado e no domingo.

Segundo as investigações, pelo menos 60 traficantes seguem escondidos na mata no Maciço da Tijuca. No bando chefiado pelo traficante Luiz Cláudio Machado, o Marreta, há criminosos dos complexos do Lins, Alemão e da comunidade do Jacarezinho. Para permanecer na floresta, eles estariam usando gerador de energia e técnicas de sobrevivência na selva.

Assista ao vídeo: