Rio de Janeiro Casal é agredido e expulso de vila na zona norte do Rio e diz ser vítima de homofobia

Casal é agredido e expulso de vila na zona norte do Rio e diz ser vítima de homofobia

Flávio e Luiz esperam medida cautelar para retirar pertences de apartamento

Casal é agredido e expulso de vila na zona norte do Rio e diz ser vítima de homofobia

Casal foi agredido com socos e pontapés de vizinhos

Casal foi agredido com socos e pontapés de vizinhos

Reprodução/Record TV Rio

Um casal gay foi agredido e expulsos por vizinhos da vila onde moravam na Tijuca, zona norte do Rio. A agressão ocorreu durante uma festa e uma das vítimas chegou a ser atacada por cerca de 20 homens. Segundo Flávio Michels, não houve motivo para que os vizinhos batessem nele, já que o casal não tinha falado nada.

- Me deram muitos socos nas costas, na cabeça, eu fiquei muito desorientado, não sabia o que fazer. Caí no chão, eles me deram chutes, pontapés, e eu estou cheio de dores até hoje.

No dia da agressão, o casal havia decidido ir para a casa da irmã de Flávio por causa do barulho da festa. Segundo Eduardo Michels, eles foram cercados na saída do apartamento.

- Essas festas impediam a gente de ficar dentro de casa. Nós sempre pedíamos para eles abaixarem o volume do som, mas eles insistentemente faziam isso.

Depois da confusão, Flávio e Luiz não conseguem voltar para o apartamento, onde ainda estão as coisas deles. Eles dizem ainda que chegam a sofrer ameaças quando passam pela rua da vila, que teve as fechaduras do portão trocadas. Agora, o casal espera medida cautelar da Defensoria Pública para conseguir retirar os pertences do imóvel.