Cedae termina reparo no Guandu, mas regiões do RJ continuam sem água

Segundo companhia, serviço estará parcialmente normalizado até a noite de sexta (25). Empresa também anunciou abastecimento parcial para hospitais

Reparo foi finalizado na madrugada de sexta (25)

Reparo foi finalizado na madrugada de sexta (25)

Tomaz Silva/Agência Brasil

A Cedae (Companhia estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro) anunciou na tarde desta sexta-feira (25) que finalizou o reparo preventivo anual da ETA (Estação de Tratamento de Água) do Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Carnaval de rua do Rio de Janeiro em 2021 é adiado

De acordo com a companhia pública, parte do sistema de abastecimento da cidade foi normalizado. Entretanto, um vazamento identificado na Elevatória do Lameirão, em Senador Vasconcelos, na capital fluminense. A unidade bombeia água para o Rio e Nilópolis.

A Cedae informou que até o final desta sexta mais de 50% da rede de abastecimento coberta pela companhia estará com sua capacidade operacional em funcionamento.

Concessão da Cedae fica para 2021 e com previsão de investimento menor

Em nota, a companhia declarou que já abasteceu o Hospital Universitário Pedro Ernesto, na zona norte do Rio, com um caminhão pipa na manhã desta sexta (25) e informou que um segundo veículo será enviado nesta tarde.

Por fim, a Cedae disse que montará um “esquema especial para atender hospitais e outros serviços essenciais com carros-pipa durante este período.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa