Cidade Alerta RJ Dinheiro desviado dos cofres públicos serão usados em reformas de escolas

Dinheiro desviado dos cofres públicos serão usados em reformas de escolas

Em uma ação inédita, o Ministério Público, a União e a secretaria estadual de Educação vão destinar cerca de R$ 200 milhões para ajudar na reestruturação de dez escolas estaduais, sendo seis da capital e outras em Barra Mansa, Niterói, São Gonçalo e Angra dos Reis. De acordo com o secretario estadual de Educação, Vagner Granja Victer, essa escolha foi feita a partir de uma análise de ações prioritárias. Um levantamento feito pelo MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) revelou que de cada dez escolas estaduais, seis apresentam graves problemas estruturais. Com a volta do dinheiro da corrupção para os cofres públicos mais de 12 mil alunos serão beneficiados. O termo assinado nesta quarta-feira (21) determina que os recursos deverão ser, diretamente, fiscalizados.

    Access log