Padrasto se irrita com choro e mata enteada de dois anos de idade

Carlos Sandro de Oliveira é acusado pela polícia de matar a enteada, uma menina de 2 anos de idade. O homem, que confessou o crime para os policiais, ficou irritado com o choro da criança e deu três socos na crianças.