Meio Ambiente

Rio de Janeiro Cinco pessoas são presas em ação contra obras irregulares da milícia 

Cinco pessoas são presas em ação contra obras irregulares da milícia 

Segundo a polícia, a interdição das construções irregulares já gerou um prejuízo de R$ 125 milhões aos contraventores

A Polícia Civil realizou uma operação contra as construções irregulares da milícia na zona oeste do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (6). A ação da DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) prendeu cinco pessoas.

Ação foi realizada pela DPMA

Ação foi realizada pela DPMA

Divulgação/Polícia Civil

A organização criminosa realiza o parcelamento irregular do solo urbano e faz obras ilegais. Os agentes de segurança estiveram em 16 locais de Jacarepaguá identificados em investigações da DPMA.

Peritos criminais participaram da ação para fazer exames periciais em todos os empreendimentos. Outras unidades do DGPE (Departamento Geral de Polícia Especializada) apoiaram a operação.

Segundo a polícia, a interdição das construções irregulares já gerou um prejuízo de R$ 125 milhões a grupos de narcomilicianos.

Últimas