Coronavírus

Rio de Janeiro Cinemas do Rio podem vender alimentos a partir desta quinta (1º)

Cinemas do Rio podem vender alimentos a partir desta quinta (1º)

Salas tiveram reaberturas autorizadas desde 14 de setembro, mas setor reivindicou juntou à Prefeitura permissão para comercialização de comidas

Cinemas poderão voltar a comercializar alimentos

Cinemas poderão voltar a comercializar alimentos

Reprodução

Os cinemas do Rio de Janeiro poderão voltar a comercializar alimentos e bebidas a partir desta quinta-feira (1º). Com permissão para reabertura desde o último dia 14 de setembro, com o início da fase 6A de retomada da economia da capital fluminense, setor reivindicou autorização para a venda e consumo dos itens nas salas de reprodução.

As redes de cinema do Rio devem continuar respeitando o limite de 50% de capacidade das salas, além da já rotineira compra de ingressos com lugares marcados. Os assentos também devem contar com intervalos entre si.

A Prefeitura do Rio de Janeiro também exigiu que os cinemas tenham intervalos maiores entre as sessões para “garantir o reforço no processo de higienização das salas de exibição”. Os óculos utilizados em filmes 3D também devem passar por limpeza com álcool 70%, embalados individualmente e lacrados entre cada uso.

Outras regras básicas, como a utilização de máscara nos ambientes comuns, com exceção do momento de consumo das refeições, também é válida para os cinemas.

Polícia prende estagiária que aplicava botox em clínica no Rio

Ainda nesta quinta, a Prefeitura do Rio de Janeiro deve anunciar a fase 6B de retomada da economia - a última do plano inicial estipulado pelo poder executivo municipal, que teve início em junho.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas