Rio de Janeiro Comerciante morto dentro de lanchonete é enterrado no Rio

Comerciante morto dentro de lanchonete é enterrado no Rio

João Batista Farias teria se negado a entregar lanche para criminosos. A Polícia Civil investiga o caso

  • Rio de Janeiro | Márcio Mendes, do R7*, com Record TV Rio

O comerciante assassinado supostamente por se negar a dar lanches para criminosos, na última quarta-feira (3), em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro, foi enterrado na manhã desta quinta-feira (4), no cemitério do Caju, zona portuária da cidade.

João Batista Farias, conhecido como João do Lanche, estava no estabelecimento no momento quando foi baleado por um homem encapuzado. 

Um funcionários que testemunhou o crime disse que a lanchonete estava movimentada na hora do ataque. 

"Eu estava lá atrás, completando um lanche, quando eu escutei um barulho, que parecia até uma bomba. Aí, eu me abaixei. Então começou um atrás do outro. Não deu pra ver o que tava acontecendo. Uma menina veio e disse que haviam matado o João", contou.

João chegou a ser socorrido ao PAM de São João de Meriti, mas não resistiu aos ferimentos. A DHBF (Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense) informou que está investigando o caso.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas