Rio de Janeiro Confronto entre PMs e traficantes deixa 2 mortos no Jacarezinho

Confronto entre PMs e traficantes deixa 2 mortos no Jacarezinho

Tiroteio ocorreu em ação policial contra o tráfico; aulas foram suspensas

Confronto entre PMs e traficantes deixa 2 mortos no Jacarezinho

Três pessoas foram baleadas e duas morreram durante confronto

Três pessoas foram baleadas e duas morreram durante confronto

Reprodução/Rede Record

Duas pessoas morreram durante confronto entre policiais e traficantes na comunidade do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (7).

Um homem identificado como Wellington da Silva, de 18 anos, foi baleado e morreu no local. Outras duas vítimas não identificadas também foram baleadas — uma delas morreu após ser conduzida ao hospital Salgado Filho, no Méier, também na zona norte. Não há informações sobre o estado de saúde do terceiro baleado.

A Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) informou que, na madrugada desta quinta-feira, houve um confronto entre policiais civis e criminosos que seguiam de Manguinhos para o Jacaré armados com fuzis.

O intenso tiroteio no Jacarezinho deixou cerca de 1.200 alunos sem aula na região. De acordo com a CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora), duas pessoas foram detidas durante a ação. Também foram apreendidas três pistolas e um rádio transmissor, além de um veículo roubado que foi recuperado.

A ação tem como objetivo coibir o tráfico de drogas e fazer mapeamento da região, além de levantar informações que serão usadas em outras operações.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, uma escola, duas creches e três EDIs (Espaços de Desenvolvimento Infantil) ficaram fechados no período da manhã. Ao todo, as unidades atendem 1.207 alunos. A pasta informou que o conteúdo perdido será reposto.

O confronto também afetou a circulação dos trens que passam pela comunidade. Segundo a SuperVia, o serviço do ramal Belford Roxo teve de ser interrompido, já que um trem foi obrigado a parar próximo à estação do local. A operação do ramal está sendo realizada apenas entre as estações Del Castilho e Belford Roxo. A concessionária diz ainda que o GPFer (Grupamento de Policiamento Ferroviário) foi acionado.

    Access log