Rio de Janeiro Construtora é multada em R$ 33 mi por irregularidades em obra do BRT 

Construtora é multada em R$ 33 mi por irregularidades em obra do BRT 

Segundo a Prefeitura do Rio, Odebrecht tem prazo de 30 dias para ressarcir o município por danos aos cofres públicos

Punição foi publicada no Diário Oficial

Punição foi publicada no Diário Oficial

Record TV

A Prefeitura do Rio multou em R$ 33,6 milhões a construtora Odebrecht por irregularidades nas obras do BRT Transoeste. A informação foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (17). 

De acordo com a atual gestão, uma investigação apontou prejuízos causados aos cofres públicos na execução da obra do corredor de ônibus articulado no trecho entre a Barra da Tijuca e o bairro de Santa Cruz, na zona oeste. 

Como forma de ressarcimento, a prefeitura aplicou a multa, que tem prazo de 30 dias para o pagamento. 

Procurada por e-mail, a Odebrecht disse discordar da decisão e que irá tomar medidas nos âmbitos administrativo e judicial.

Últimas