Rio de Janeiro Corpos de inspetor e esposa serão enterrados neste sábado (26) no Rio

Corpos de inspetor e esposa serão enterrados neste sábado (26) no Rio

Investigações apontam que marido matou a mulher e depois cometeu suicídio. Filho tentou chamar socorro, segundo a polícia

Casal foi encontrado morto dentro de casa

Casal foi encontrado morto dentro de casa

Reprodução/Redes sociais

Os corpos do inspetor da Polícia Civil Ulysses Carlos Pourchet, de 45 anos, e a esposa Janaína Castro Souza Pourchet, de 44, serão sepultados na tarde deste sábado (26) no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, zona oeste do Rio. As investigações da Divisão de Homicídios apontam que o marido matou a mulher e, em seguida, se matou. 

O casal foi encontrado morto dentro de casa, na noite desta quinta-feira (24), no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro.

Segundo a polícia, o filho do casal, de 11 anos, chegou a ligar para o Corpo de Bombeiros para pedir ajuda. Antes, ele teria presenciado uma discussão, de acordo com informações da Record TV.

Uma cunhada de Janaína disse que a família não tinha informações sobre brigas entre o casal e que os parentes estão surpresos: 

"Foi um susto. Era um casamento estável, com fotos nas redes sociais, mostrando que estava tudo bem", afirmou Letícia Souza.

Em nota, a Polícia Civil confirmou que o caso está sendo tratado como feminicídio e suicídio. A perícia foi realizada e testemunhas serão ouvidas.  As investigações continuam para esclarecer as circunstâncias do crime.

Últimas