Covid-19: médico relata "angústia e emoção" em CTI de hospital no Rio

Equipe da RecordTV Rio foi a primeira autorizada a entrar na unidade que é referência no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus

Médico se emocionou ao falar de rotina em CTI

Médico se emocionou ao falar de rotina em CTI

Record TV

Referência no tratamento da covid-19, o Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari, zona norte do Rio de Janeiro, liberou, pela primeira vez, uma equipe de jornalismo para acompanhar o trabalho dentro de uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde estão internado pacientes com casos graves da doença. 

RJ tem 32 mil casos confirmados e 3.412 mortes por covid-19

Com o equipamento de segurança necessário e dentro dos limites orientados pela equipe médica, a reportagem da Record TV Rio mostrou as dificuldades dos profissionais da saúde no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus:

"Cada dia é um dia.  A gente vê como é a instabilidade em todos os pontos: nota técnica, protocolos, medicamentos, enfim, toda semana tem uma mudança", disse o diretor médico Cesar Fontes.

Emocionado, ele destacou o atendimento humanizado que a equipe proporciona, tendo em mente que "cada paciente é o amor de alguém".

"A medicina é uma ciência inexata. Então, ficamos nessa situação de que cada paciente é um paciente. É bastante emocionante por um lado e angustiante por outro, no sentido de que a gente tem um aprendizado em equipe".

Já o diretor do hospital, Luis Fernando Gandara, comentou sobre o alto índice de mortes por covid-19. Somente na unidade, cerca de 500 dos 1500 pacientes infectados pelo novo coronavírus, que já passaram pela unidade, foram a óbito, desde o 23 de março.

“Nenhum profissional de saúde estava acostumado com um quadro tão grave, tão crítico. O hospital Gazzola, como média na rede municipal, está conseguindo um dos melhores resultados da rede. Mas, mesmo assim, a gente continua com um número alto de óbitos, que é o histórico natural da doença. Isso está dentro de todas as estatísticas mundiais", disse Gandara.

Assista ao vídeo: