Novo Coronavírus

Rio de Janeiro Covid: Polícia apura suposta venda de vacina por ambulantes no Rio

Covid: Polícia apura suposta venda de vacina por ambulantes no Rio

Agentes da Delegacia do Consumidor fizeram buscas após informação ter sido compartilhada nas redes sociais

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a informação que circula nas redes sociais sobre  uma suposta venda de vacina contra o novo coronavírus por ambulantes de Madureira, na zona norte do Rio.

Fake news sobre venda de vacina contra covid confunde brasileiros

Informação foi compartilhada nas rede sociais de que ambulantes vendiam suposta vacina em Madureira

Informação foi compartilhada nas rede sociais de que ambulantes vendiam suposta vacina em Madureira

Reprodução

Os agentes da Decon (Delegacia do Consumidor) realizaram diligências no local e não encontraram a comercialização do produto. No entanto, vale ainda ressaltar que, até o momento, não há imunizantes contra covid-19 aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no país.

Em uma publicação, um homem afirmou que a suposta vacina seria vendida a R$ 50 e que mais R$ 10 era cobrado para a aplicação.

A polícia disse, por meio de nota, suspeitar que a informação compartilhada seja falsa.

A venda ilegal de vacinas também é alvo de apuração da Polícia Federal, que também não encontrou indícios do comércio do produto em Madureira.

Últimas