Rio de Janeiro Criança quebra dedos do pé ao pular de janela de colégio; mãe acusa bullying, diretora nega

Criança quebra dedos do pé ao pular de janela de colégio; mãe acusa bullying, diretora nega

O menino teria ficado nervoso ao ser preso no banheiro e resolveu pular do segundo andar

O menino vai ter que passar um mês sem apoiar o pé no chão

O menino vai ter que passar um mês sem apoiar o pé no chão

Reprodução / Rede Record

Um estudante de 6 anos do Ciep municipal Professor Paulo Roberto do Amaral, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, quebrou três dedos do pé ao pular da janela de um banheiro no segundo andar.

A mãe de João Marcos da Silva contou que ele foi trancado por outros colegas no banheiro, ficou nervoso e decidiu pular. O garoto caiu de mau jeito e ainda bateu com a cabeça no chão.

João Marcos foi levado para um pronto socorro infantil da cidade e ficou sob observação por 12 horas. Ele teve um dos pés enfaixados e recebeu a recomendação de ficar um mês sem pisar no chão com os dedos lesionados.

Em nota, a diretora da unidade, Nilva Nazareth, afirmou que “a versão da mãe não condiz com a realidade, a partir do momento em que não houve qualquer perseguição por parte dos colegas de turma ou de escola”. Ainda segundo a diretora, “o incidente ocorreu na troca de turno de professores, quando o menino saiu de sala sem autorização para ir ao banheiro. Um estudante do 4º ano contou que entrou no banheiro logo depois e o mesmo não estava trancado”. Assista ao vídeo:

Últimas