Coronavírus

Rio de Janeiro Defensoria pede informações à SES sobre uso obrigatório de máscaras 

Defensoria pede informações à SES sobre uso obrigatório de máscaras 

Duque de Caxias suspendeu uso obrigatório e capital fluminense sinalizou nova etapa de reabertura 

A DPRJ (Defensoria Pública do Rio de Janeiro) encaminhou um ofício à SES (Secretaria de Estado de Saúde) pedindo que seja informado se é possível, no atual cenário epidemiológico, a flexibilização ou liberação do uso da máscara em municípios do Estado, nesta quarta-feira (6).

Caxias suspendeu uso obrigatório de máscaras

Caxias suspendeu uso obrigatório de máscaras

Reprodução/Record TV Rio

A Defensoria Pública deu um prazo de 24 horas para resposta e pediu que tenha “base em evidências técnicas e científicas”.

O documento foi encaminhado pela Coordenadoria de Saúde e Tutela Coletiva da DPRJ e leva em consideração a divulgação do plano de ação da capital fluminense e a liberação do uso obrigatório de máscaras em Duque de Caxias.

“A Defensoria solicita a apresentação das medidas de coordenação estadual que serão adotadas pela Secretaria de Estado de Saúde diante do descumprimento dos decretos ainda vigentes quanto a obrigatoriedade da utilização das máscaras, visto que já existem municípios se movimentando para liberar o uso, como é o caso de Duque de Caxias”, informou em nota.

Segundo a Defensoria, a cidade do Rio de Janeiro é uma das capitais referência do país, sendo grande receptora de movimentos migratórios como o turismo. A flexibilização pode representar um risco visto que os outros municípios do Estado não possuem a mesma cobertura vacinal.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas