Rio de Janeiro Defesa de Temer entra com pedido de habeas corpus no TRF2

Defesa de Temer entra com pedido de habeas corpus no TRF2

Recurso será analisado pelo desembargador federal Ivan Athié; ex-presidente foi preso por suspeita de comandar organização criminosa

Temer Preso

Temer foi preso em São Paulo

Temer foi preso em São Paulo

Reprodução

A defesa do ex-presidente Michel Temer entrou com um pedido de habeas corpus no TRF2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) na tarde desta quinta-feira (21). O recurso será analisado pelo desembargador federal Ivan Athié, relator da Operação Prypiat. Não há prazo para o magistrado manifestar uma decisão. 

Com Lima, organização criminosa de Michel Temer atua há 40 anos

Michel Temer foi preso preventivamente, em São Paulo, nesta manhã, por determinação do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.  

Segundo o MPF (Ministério Público Federal), o ex-presidente e outras nove pessoas foram alvos da operação Radioatividade, que é um desdobramento da Lava Jato.

As investigações apontam que Michel Temer é líder de uma organização que recebeu propina na construção da usina nuclear de Angra 3 por meio de contratos com empreiteiras.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de cartel, corrupção ativa e passiva, lavagem de capitais e fraudes à licitação.

O MDB, partido de Michel Temer, se manifestou por meio de nota:

"O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa.