Rio de Janeiro DH investiga o que levou guarda a atirar contra pessoas em bar no Rio

DH investiga o que levou guarda a atirar contra pessoas em bar no Rio

Vizinhos e amigos afirmam que o guarda municipal tinha surtos psicóticos; Polícia Civil vai ouvir testemunhas 

  • Rio de Janeiro | Márcio Andrade, do R7*, com Record TV Rio

A Delegacia de Homicídios da Capital abriu investigações para descobrir qual foi a motivação do guarda municipal Flávio Damon atirar contra pessoas que estavam em um bar que fica em Vigário Geral, zona norte da cidade. A ação deixou três mortos e três feridos

Bar onde os disparos foram feitos

Bar onde os disparos foram feitos

Reprodução/Record TV Rio

Na casa do homem, a polícia apreendeu uma pistola na casa do guarda, além do certificado de registro da arma, válido até 22 de outubro de 2022. De acordo com algumas testemunhas e vizinhos, o homem já apresentou problemas psiquiátricos anteriormente, como surtos psicóticos. Nos próximos dias, os policiais vão ouvir parentes das vítimas.  

Por meio de nota, a Guarda Municipal do Rio informou que o servidor não estava afastado da corporação, e que estava trabalhando normalmente. A corporação também informou que já foi aberto um processo disciplinar para apurar a conduta do agente, além de cooperar com as investigações da Polícia Civil. 

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas