Rio de Janeiro Empresária é suspeita de assassinar sócio na Baixada Fluminense

Empresária é suspeita de assassinar sócio na Baixada Fluminense

Segundo a polícia, motivação seria desavenças na forma de administrar os negócios; namorado da acusada também teria participação no crime

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

Empresário foi morto dentro de pizzaria na Baixada Fluminense

Empresário foi morto dentro de pizzaria na Baixada Fluminense

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil faz buscas para encontrar uma empresária e o namorado suspeitos de assassinato do sócio em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, durante uma suposta tentativa de assalto, em fevereiro.

De acordo com as investigações, a motivação do crime seria desavenças na forma de administrar uma pizzaria e um restaurante. Em depoimento, uma testemunha afirmou que os dois travaram diversas discussões e pensavam em desistir da sociedade, mas não tinham dinheiro para comprar as partes um do outro.

Polícia Civil apreende armas usadas em clipe na zona norte do Rio

“O funcionário ele disse, em depoimento, que a empresária estava muito apreensiva no dia do crime e não parava de olhar para o celular. Isso levantou mais suspeitas em cima dela”, afirmou a delegada Waleska Santos Garcez, em entrevista à Record TV Rio.

Na noite do crime, a vítima trabalhava normalmente na pizzaria quando entrou um homem armado e atirou duas vezes contra o empresário. Ele chegou a ser socorrido, mas depois de 15 dias de internação, não resistiu. 

Ainda segundo a polícia, foi comprovado que um terceiro homem também participou do assassinato. Ele ainda não foi identificado.

A Justiça decretou a prisão preventiva do casal que foi denunciado por homicídio. A empresária e o namorado são considerados foragidos.

Assista à reportagem:

*Estagiária do R7, sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas