Rio de Janeiro Esfaqueada, mulher escapa de ataque ao se fingir de morta

Esfaqueada, mulher escapa de ataque ao se fingir de morta

Vítima sofreu oito golpes de faca do ex-marido que não aceitava o fim do relacionamento de 12 anos. Agressor está foragido

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Anabel Reis, da Record TV Rio

Uma mulher conseguiu escapar de um ataque de faca feito pelo ex-marido após se fingir de morta. O caso aconteceu na residência da vítima, em Santa Cruz, zona oeste do Rio, no sábado (16), na frente do filho do casal.

Suspeito está foragido

Suspeito está foragido

Divulgação/Governo do Rio de Janeiro

O ex-marido só interrompeu os golpes quando a faca usada no crime quebrou. Ao procurar outra, a vítima de 25 anos virou de bruços e fingiu ter parado de respirar. Ela que já tinha uma medida protetiva contra o agressor e foi ferida com oito facadas.

“Quando ele terminou, falou ‘agora sim eu matei’, pegou meu celular e foi embora.”, disse a vítima, em entrevista à Record TV Rio.

O homem fugiu do local de moto com a ajuda do irmão. O crime teria acontecido, porque ele não aceitava o fim do relacionamento de 12 anos.

Enfermeira é a 1ª profissional de saúde vacinada em Niterói (RJ)

O agressor está foragido. No entanto, ao descobrir que a ex-mulher está viva, ele começou a fazer ameaças de morte.

“Ele falou que ainda não acabou, que ainda vai voltar e vai matar minha mãe, minha prima e minha irmã.”, disse.

De acordo com a apuração da Record TV Rio, agentes da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Guaratiba estiveram no local para realizar a perícia. No entanto, o caso foi novamente registrado na Deam de Jacarepaguá.

A delegada Gisele do Espírito Santo afirmou que testeminhas foram ouvidas. Ela também disse que o suspeito do crime é considerado foragido por não ter ido à delegacia ao ser intimado.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas