Gripe

Rio de Janeiro Estoque de vacinas contra gripe é crítico no Rio de Janeiro

Estoque de vacinas contra gripe é crítico no Rio de Janeiro

Ministério da Saúde afirmou que a previsão é de entregar mais 160 mil doses do imunizante na próxima segunda-feira (6)

  • Rio de Janeiro | Inácio Loyola, do R7*

Os postos de saúde da cidade do Rio de Janeiro estão com "estoque crítico" de vacinas contra a gripe. Segundo a SMS (Secretaria Municipal de Saúde), a aplicação do imunizante deve durar até o fim desta sexta-feira (3) nas unidades de saúde. 

Rio tem estado crítico de estoque de vacinas

Rio tem estado crítico de estoque de vacinas

Divulgação/Marcello Casal/Agência Brasil

Em nota, o Ministério da Saúde informou que a previsão de chegada de mais 160 mil doses da vacina contra a gripe é na próxima segunda-feira (6). A pasta disse que, na última terça-feira (30), já havia entregado 200 mil doses ao Estado do Rio de Janeiro.

Nesta semana, a capital intensificou a campanha de vacinação contra gripe após o número de infectados pelo vírus influenza A disparar no Rio.  

Na última terça (30), a cidade chegou a suspender a vacinação por falta de doses, mas retomou a aplicação do imunizante no dia seguinte, após a chegada da remessa.

Surto de gripe e imunização

O Estado do Rio de Janeiro vive um surto de gripe causado pelo vírus influenza. Segundo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), na última semana, as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) registraram um aumento de 400% nos casos de síndrome gripal

Para tentar frear esse surto, a vacinação contra a gripe foi ampliada para todos os cidadãos de qualquer idade.

Nesta quinta-feira (2), a SES anunciou a instalação de tendas para atendimento de síndrome gripal em UPAs estaduais. Os pacientes com sintomas leves vão receber um atendimento primário nas estruturas e passarão por uma triagem.

Na capital, a vacinação contra a influenza acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, em clínicas da família e centros municipais de saúde. A SMS reforçou que não há necessidade de intervalo entre as doses da Covid-19 e da gripe.

A aplicação da vacina é destinada a pessoas a partir de seis meses de idade, especialmente os grupos prioritários: idosos, crianças, trabalhadores da Saúde, gestantes e puérperas.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas