Rio sob intervenção
Rio de Janeiro Exército distribui HQ pedindo denúncias durante ação em favela

Exército distribui HQ pedindo denúncias durante ação em favela

HQ com o personagem Recrutinha e panfletos jogados de helicóptero pediam à população que denunciassem criminosos que atuam na região

Exército distribui HQ pedindo denúncias durante ação em favela

Cartaz e história em quadrinhos pede que população denuncie criminosos

Cartaz e história em quadrinhos pede que população denuncie criminosos

FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO - 02.03.2018

Militares do Exército distribuíram panfletos e revistas em quadrinhos para moradores do Jardim Catarina, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, pedindo para que a população denuncie criminosos que atuam na região. As revistinhas com o personagem Recrutinha foram entregues a pedestres e também em ônibus que circulam na região.

Mais de 1.000 homens das Forças Armadas, da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e da Polícia Civil participaram, nesta sexta-feira (2), de uma operação integrada na região. A ação visa à desobstrução das vias de acesso e a “estabilização do território”, segundo informou a Seseg (Secretaria de Estado de Segurança).

A secretaria não informou se há mandados de prisão ou de busca e apreensão a serem cumpridos no local. Em nota informou ainda que algumas ruas e acessos ao bairro “podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis”.

Um helicóptero das Forças Armadas sobrevoou a região e também lançou panfletos pedindo que a população denuncie os criminosos que atuam na região. No papel, há o número da Delegacia de Alcântara (74ª DP), que receberá as denuncias referentes à operação.

A PRF e a Polícia Civil participam com 70 e 100 homens, respectivamente.

A ação realizada nesta sexta ocorre no âmbito no regime de GLO (Garantia da Lei e da Ordem) instituído em julho do ano passado em apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública.

    Access log