Rio de Janeiro Familiares dizem que líder comunitário foi sequestrado por falsos policiais no Rio

Familiares dizem que líder comunitário foi sequestrado por falsos policiais no Rio

Andrey Souza de Araújo, de 30 anos, está desaparecido há duas semanas, desde que foi abordado em casa, na Vila Kennedy

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*, com Record TV Rio

Andrey está desaparecido

Andrey está desaparecido

Reprodução/Record TV Rio

Familiares de um líder comunitário que está desaparecido há duas semanas afirmam que ele foi sequestrado por homens que se diziam policiais na Vila Kennedy, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Andrey Souza de Araújo, de 30 anos, que também tem um cargo administrativo na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio), foi levado durante a madrugada pelo bando, que arrombou o portão da casa, de acordo com parentes.

Ao registrarem o desaparecimento na 34ª DP (Bangu), os familiares de Andrey foram informados de que os homens que o sequestraram não eram agentes. Segundo eles, o líder comunitário teria sido seguido por um veículo dez dias antes de sumir.

A polícia investiga uma possível ligação entre os casos de Andrey e de seu compadre, conhecido como Leandro Shrek. Ele foi assassinado ao ser abordado por falsos policiais em casa, em março deste ano.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas