Rio de Janeiro Filha de Laíla morre por covid-19 nove dias depois do pai

Filha de Laíla morre por covid-19 nove dias depois do pai

Filha do carnavalesco ficou 13 dias internada em hospital da zona norte do Rio de Janeiro, mas não resistiu

Denize morreu 9 dias depois do pai

Denize morreu 9 dias depois do pai

Reprodução/Redes sociais

A filha do carnavalesco Laíla, Denize Ribeiro da Silva, de 56 anos, morreu em decorrência da covid-19 na noite deste domingo (27). Ela estava internada no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, na zona norte do Rio de Janeiro, desde o dia 14 de junho. 

Denize morreu nove dias depois do pai, Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, 78. No último dia 18 de junho, ele teve uma parada cardíaca por complicações do novo coronavírus e não resistiu. 

Mesmo depois de receber as duas doses da vacina contra a covid-19, Laíla foi infectado e estava internado Hospital Israelita Albert Sabin, no Maracanã, desde o dia 12 de junho. Ele é o segundo maior vencedor do carnaval carioca, atrás de Joãozinho do Trinta, que tem nove conquistas.

Em nota, a direção da unidade, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, manifestou pesar pela morte de Denize. Ainda não há informações sobre o enterro. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas