Rio de Janeiro Fiscais inspecionam reabertura de lojas na Saara, região central do Rio

Fiscais inspecionam reabertura de lojas na Saara, região central do Rio

Após três meses, comércio de rua, salões de beleza e barbeiros receberam autorização da prefeitura para retomar as atividades

Polo da Saara registrou intensa movimentação na manhã deste sábado

Polo da Saara registrou intensa movimentação na manhã deste sábado

DIKRAN JUNIOR/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO/27.06.2020

Equipes da Subsecretaria de Vigilância Sanitária fiscalizaram, na manhã deste sábado (27), a reabertura de comércio de rua, salões de beleza e barbearias no Polo da Saara, maior shopping a céu aberto do Estado, na região central do Rio, que registrou intensa movimentação pela manhã, após a prefeitura autorizar, com restrições, a retomadas das atividades.

Ao todo, oito comboios com fiscais circulam pelos bairros de Ipanema, Copacabana, Leblon, Botafogo, Flamengo e Largo do Machado, na zona sul, Méier, Tijuca e Vila Isabel, na zona norte, e Jacarepaguá, na zona oeste. Até as 13h, 52 estabelecimentos haviam sido inspecionados. Ao menos quatro infrações foram registradas.

Em função da pandemia do novo coronavírus, os estabelecimentos precisam seguir as "regras de ouro", entre elas estão o uso obrigatório de máscaras de proteção, disponibilização de álcool em gel 70% para clientes e distanciamento de 2 m entre pessoas.

Fiscais inspecionam reabertura na Saara

Fiscais inspecionam reabertura na Saara

Reprodução

Após três meses de fechamento, o prefeito Marcelo Crivella anunciou na sexta (26) a antecipação do plano de flexibilização, que previa a reabertura de comércio de rua, salões de beleza e barbearias para o dia 2 de julho.

As lojas foram liberadas para funcionar no horário entre 11h e 17h para não coincidir com horários de funcionamento dos shoppings (das 12h às 20h) e, assim, evitar aglomeração nos transportes públicos.

Além disso, os estabelecimentos devem abrir com 50% da capacidade. O objetivo é também impedir a concentração de muitas pessoas.

Em relação aos salões de beleza e barbearias, o limite é de um terço da capacidade, e estão proibidos atividades de recepção, bebidas e comidas, além de serviços simultâneos no mesmo cliente.

Fecomércio - RJ

Em nota, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro comemorou a decisão da prefeitura e disse que estava lutando para a antecipação da reabertura devido à crise econômica provocada pela pandemia.

Segundo pesquisa da Fecomércio, até 10 de maio, 33,1% dos empresários do setor de comércio e serviços (dentro do conjunto de empresários que tem empregados) havia demitido algum funcionário, chegando a um total de aproximadamente 182 mil desempregados. 

Confira as regras de funcionamento das lojas:

1. Higienizar as mãos antes e depois de cada atividade.

2. Disponibilizar álcool 70% em gel em áreas de circulação, e dispensadores de sabão líquido e de papel-toalha descartável e lixeiras com tampa sem acionamento manual nos banheiros e próximo aos lavatórios.

3. Usar obrigatoriamente máscara em todas as áreas comuns, e só retirar durante as refeições.

4. Obedecer ao distanciamento de dois metros ou quatro metros quadrados por pessoa, evitando o uso do elevador.

5. Manter os ambientes arejados com as janelas e portas abertas e a limpeza dos aparelhos de ar-condicionado em dia.

6. Providenciar máscaras, luvas de borracha, toucas e outros equipamentos de proteção individual para as equipes de limpeza e demais funcionários, de acordo com a atividade exercida.

7. Reforçar a sensibilização quanto à etiqueta respiratória em caso de tosse ou espirros.

8. Encaminhar à assistência médica o funcionário ou colaborador que apresente sintomas da Covid-19.

9. Fazer a limpeza concorrente a cada três horas e a limpeza terminal após o expediente, com atenção à necessidade da limpeza imediata.

10. Divulgar em pontos estratégicos os materiais educativos e outros meios de informação sobre as medidas de prevenção à Covid-19, como as Regras de Ouro e a Central 1746.

Últimas