Rio de Janeiro Fiscalização impede festa clandestina em barco na Urca

Fiscalização impede festa clandestina em barco na Urca

Evento para 200 pessoas teria oito horas de duração, com bebida liberada, em meio à pandemia 

Uma fiscalização da Seop (Secretaria Municipal de Ordem Pública) e a Guarda Municipal impediu a realização de uma festa clandestina em uma embarcação na tarde de sexta-feira (2) na Urca, zona sul do Rio.

Festa teve divulgação na internet

Festa teve divulgação na internet

Divulgação/ Prefeitura do Rio

O evento foi anunciado na internet mesmo com o decreto municipal em vigor que só autoriza o funcionamento de serviços essenciais no município devido ao agravamento da pandemia da covid-19. As medidas restritivas, que incluem proibições de festas, foram prorrogadas até quinta (8).

Antes do evento, a Seop descobriu que os participantes seriam conduzidos por um píer irregular e interditou o local. Em seguida, com apoio da Capitania dos Portos, os agentes impediram a entrada de suprimentos que dariam a estrutura para a realização da festa.

O evento estava marcado para começar às 16h e teria oito horas de duração, com bebida liberada. A embarcação tinha capacidade para cerca de 200 pessoas.

Embarcação tinha capacidade para 200 pessoas

Embarcação tinha capacidade para 200 pessoas

Divulgação/ Prefeitura do Rio

Somente na sexta, foram registradas 1.085 autuações, com 11 estabelecimentos fechados e 54 multas a ambulantes, restaurantes e bares por desrespeito às regras. Em oito dias de fiscalização das medidas mais restritivas, já foram registradas mais de 8.400 autuações.

Últimas