Rio sob intervenção
Rio de Janeiro Gabinete de Intervenção entrega equipamentos para estado do Rio

Gabinete de Intervenção entrega equipamentos para estado do Rio

Viaturas, armamento, coletes à prova de balas e munições para as polícias Civil, Militar, Seap e Corpo de Bombeiros

intervenção no rio

Equipamentos foram entregues nesta quarta (19)

Equipamentos foram entregues nesta quarta (19)

Agência Brasil

O Gabinete de Intervenção Federal entregou, na quarta-feira (19), no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro, viaturas, armamento, coletes à prova de balas e munições para as polícias Civil, Militar, Seap (Secretaria de Administração Penitenciária) e Corpo de Bombeiros.

Somente a PM recebeu 852 novas viaturas para o policiamento ostensivo, com verba da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), além de 60 fuzis e 43.205 munições doados pela fabricante de armas brasileira Forjas Taurus.

Leia também: Dez meses de intervenção: gabinete usou 6% do orçamento, diz relatório

De acordo com o GIF (Gabinete de Intervenção Federal), os empenhos financeiros são 63% dos recursos de R$ 1,2 bilhão destinados pelo governo federal para a intervenção na segurança pública, iniciada em fevereiro deste ano.

Atualmente, os empenhos somam R$ 757.038 milhões. Estão em processo de licitação mais R$ 442.961 milhões. Os valores foram ampliados, na última segunda-feira (17), com a realização de uma licitação para a compra de três helicópteros, dois para a Polícia Civil e um para o Corpo de Bombeiros.

A meta da intervenção federal é comprar 3.885 veículos para reequipar os órgãos de segurança pública e a Seap. Ainda há licitações para esses itens em andamento. A previsão é bater a meta até o fim da intervenção no dia 31 deste mês. Dentro do esforço empregado pelo GIF para reequipar as secretarias sob intervenção federal, somam-se as 265 rádio-patrulhas entregues em abril e que foram compradas com recursos do governo estadual.

O interventor federal na segurança pública do Rio, general Braga Netto, não quis falar com os jornalistas sobre a entrega dos equipamentos, mas no discurso durante a cerimônia avaliou a importância “da integração entre os órgãos sob intervenção e parceiros para que a entrega fosse realizada com sucesso para as forças de segurança do estado”.