Rio de Janeiro GM explica multa a morador de rua por não usar máscara no Rio

GM explica multa a morador de rua por não usar máscara no Rio

Suposto infrator não teria se identificado como pessoa em situação de rua durante abordagem dos agentes. Posteriormente, infração foi retirada

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*

Guarda Municipal será ouvida pelo MP-RJ

Guarda Municipal será ouvida pelo MP-RJ

Divulgação/Guarda Municipal

A Guarda Municipal justificou na manhã desta segunda-feira (20) a multa emitida contra um homem em situação de rua, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, no último dia 7. Segundo a instituição, o suposto infrator não teria informado que era uma pessoa em situação de rua ao agente.

Estado do RJ tem 138,5 mil casos confirmados de covid-19

Segundo a Guarda Municipal, a equipe que abordou o homem em situação de rua “não agiu demonstrando qualquer distinção, juízo de valor ou preconceito”. A instituição ainda afirmou que a multa foi retirada assim que o cidadão se apresentou e protestou contra a infração.

O caso movimentou ONGs (organizações não-governamentais) que procuraram a DP-RJ (Defensoria Pública do Rio de Janeiro) e MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) em repúdio ao caso. Segundo o Ministério Público, será realizada ainda nesta semana uma reunião para esclarecer estas questões com a Guarda Municipal.

Em nota, a Guarda Municipal esclareceu que “atua diariamente em apoio às ações de acolhimento de pessoas em situação de rua” e que distribui máscaras à população em BRTs, restaurantes populares e pelas ruas da cidade.

RJ: Estado diz que não foi notificado sobre hospitais de campanha

A DP-RJ foi procurada pela Record TV Rio, mas preferiu não se manifestar sobre o caso por nota.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas