Rio de Janeiro GM usa arma de eletrochoque para deter homem sem máscara no Rio

GM usa arma de eletrochoque para deter homem sem máscara no Rio

Rapaz de 25 anos, que estava andando pela areia da praia de Copacabana, na zona sul, se negou a entregar documentos para multa e atacou os agentes

Homem precisou ser contido com arma de choque

Homem precisou ser contido com arma de choque

Reprodução/Record TV

A Guarda Municipal deteve no final da tarde de sábado (18) um homem que andava sem máscara pela praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Os agentes precisaram usar uma arma de eletrochoque para conter o rapaz, que reagiu à ação dos guardas.

RJ: Estado diz que não foi notificado sobre hospitais de campanha

Segundo o GPM (Grupamento Especial de Praia e Marítimo) da Guarda Municipal, o homem de 25 anos e outras três mulheres caminhavam pelas areias de Copacabana quando foram abordados pelos agentes. Ele estava sem máscara e se recusou a colocar o EPI (equipamento de proteção individual), obrigatório durante a pandemia do novo coronavírus.

Em seguida, o rapaz se recusou a fornecer os documentos para que os guardas municipais pudessem emitir a multa de R$ 107 para quem anda sem máscara, o que obrigaria os agentes a levarem o infrator até a delegacia mais próxima.

De acordo com a Guarda Municipal, o homem reagiu e precisou ser contido com a arma de eletrochoque. Posteriormente, o rapaz foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Copacabana para retirar os dardos disparados do corpo.

Prefeitura de Caxias entrega material em Hospital de Saracuruna

Em nota, a Guarda Municipal informou que foi registrado um boletim de ocorrência na 12ª DP (Copacabana) por desacato, desobediência e resistência. Até a última sexta-feira (17), a instituição multou 1.532 pela falta do uso de máscara.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas