Governo do RJ prorroga medidas de isolamento até 21 de julho

Poder executivo fluminense não recomenda a reabertura de academias, mas destacou no Diário Oficial que respeita autonomia de municípios

Decreto mantém bares e restaurantes abertos

Decreto mantém bares e restaurantes abertos

Reprodução/Record TV Rio

O Governo do Rio de Janeiro publicou nesta terça-feira (7) no Diário Oficial que prorrogará as medidas restritivas no Estado em decorrência do novo coronavírus até o dia 21 de julho. Segundo o poder executivo estadual, ainda não é recomendado a reabertura de academias, embora respeite a autonomia dos municípios fluminenses.

Cuidadora é presa suspeita de furto e por tentar matar idosa no RJ

A publicação também destaca que as aulas presenciais das redes de ensino estadual, municipal e privada devem permanecer suspensas, assim como outras atividades coletivas. As visitas à clubes, lagoas, praias, piscinas públicas e rios seguem não sendo recomendadas.

Já shoppings centers, incluindo praças de alimentação, bares, restaurantes e pontos turísticos, como Cristo Redentor e Pão de Açúcar, podem ser frequentados pelo população fluminense, desde que seja respeitada a recomendação de apenas 50% da capacidade original do local.

Segundo o Governo do Estado, ainda deve ser respeitada as regras de distanciamento mínimo de 1 m, assim como a obrigatoriedade do uso de máscaras em lugares públicos ou com acesso coletivo.

Covid-19: RJ anuncia parceria com aplicativo para triplicar testagem

Em nota, o Governo do RJ informou que as normas foram elaboradas após avaliações da SES-RJ (Secretaria de Estado de Saúde) sobre o número de mortos e projeções da Secretaria de Fazenda dos impactos econômicos causado pelas medidas restritivas causadas pelo novo coronavírus.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa