Rio de Janeiro Greve parcial dos rodoviários afeta transporte, mas ônibus circulam no Rio

Greve parcial dos rodoviários afeta transporte, mas ônibus circulam no Rio

Terminal das barcas em Niterói tem acesso bloqueado por manifestantes

Os rodoviários não paralisaram as atividades no Rio, mas o número de veículos circulando pela cidade está reduzido na manhã desta sexta-feira (28). Durante a madrugada, muitos passageiros aguardavam os coletivos no ponto e estranhavam a demora. No período, a adesão à greve chegou a 90%, segundo o Sintraturb (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro). Em nota, A Rio Ônibus informou que todas as empresas que integram os consórcios Intersul, Internorte, Transcarioca e Santa Cruz estão operando normalmente.

Nas ruas o que se vê são poucos ônibus circulando, assim como o número de passageiros que também parece menor que o habitual. Durante a madrugada e início da manhã, houve registros isolados de tumulto e casos de vandalismo. Na Centro, um grupo tentou impedir a saída de coletivos dos Terminais Américo Fontenelle e Padre Henrique Otte, por volta de 4h. Houve confusão e o retrovisor de um ônibus chegou a ser quebrado.

Para Sebastião José, presidente do Sintraturb, a adesão parcial da categoria foi resultado de ameaças de perda de emprego e retenção de funcionários dentro das empresas de ônibus.

— Considerando a pressão que os profissionais da categoria sofreram dentro das empresas, o resultado foi satisfatório, já que durante a madrugada o índice de adesão chegou à 90%. Creio que o objetivo foi atingido, que era o de chamar atenção para as mudanças que podem ocorrer com a aprovação da reforma trabalhista e da previdência que acaba com o direito da aposentadoria do rodoviário e demais categorias.

Nas primeiras horas do dia, a operação de várias linhas do BRT foi afetada. A circulação de ônibus no corredor Transcarioca (Galeão x Alvorada) chegou a suspensa. Segundo a empresa administradora do sistema, onze coletivos foram depredados no trecho e a circulação foi paralisada durante a madrugada. No início da manhã, a operação no corredor Transoeste (Santa Cruz x Alvorada / Campo Grande x Santa Cruz) foi parcialmente interrompida, após manifestantes bloquearem a pista, na altura da estação Embrapa, em Guaratiba, zona oeste. No momento, os intervalos no trecho estão irregulares.

Barcas, trem e Metrô

As barcas com destino ou saída do terminal Arariboia, em Niterói, região metropolitana do Rio, não estão operando nesta manhã, devido ao bloqueio montado por manifestantes. Em nota, a CCR Barcas afirmou que não aderiu à greve e as demais linhas da concessionária (Charitas, Cocotá e Paquetá) seguem funcionando sem alterações.

Segundo as concessionárias, os trens da Supervia e o Metrô operam normalmente.

Assista 24 horas à programação da Record TV no celular, computador ou tablet

Últimas