Novo Coronavírus

Rio de Janeiro Hospital Modular de Nova Iguaçu ocupa só 22% dos leitos disponíveis

Hospital Modular de Nova Iguaçu ocupa só 22% dos leitos disponíveis

O Hercruz, inaugurado no sábado, preencheu 33 das 150 vagas. Estado tem 844 pessoas na fila de espera por leitos de covid-19

O Hospital Modular de Nova Iguaçu, o Hercruz, inaugurado com metade da capacidade no último sábado (3) na Baixada Fluminense, ocupou apenas 22% dos 150 leitos disponíveis até esta segunda-feira (5).  A nova unidade para a covid-19 conta com apenas 16 das 90 vagas de enfermaria ocupadas, e 17 das 60 de UTI.

Apenas 33 leitos estão ocupados no Hospital de Nova Iguaçu

Apenas 33 leitos estão ocupados no Hospital de Nova Iguaçu

Divulgação/ Governo do RJ

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, as transferências estão sendo feitas de forma “gradativa e segura” pela CER (Central Estadual de Regulação).

A prioridade é para pessoas que aguardam vagas em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e unidades pré-hospitalares da Baixada Fluminense. A primeira paciente a dar entrada no hospital foi uma mulher de 64 anos, que estava na UPA Nova Iguaçu II.

Enquanto isso, o Estado do Rio de Janeiro tem 844 pacientes com coronavírus na fila de espera por leitos. De acordo com o Painel Coronavírus Covid-19, atualizado nesta segunda, há 640 doentes no aguardo para liberação de vaga nas UTIs, com média de 17 horas.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas