Idoso é preso em flagrante por divulgar abuso sexual infantil no Rio

De acordo com a Polícia Federal, o criminoso armazenava e transmitia cenas de abusos contra crianças pela internet, em rede internacional

Criminoso foi preso em uma escola desativada

Criminoso foi preso em uma escola desativada

Divulgação/ Polícia Federal

Um homem, de 68 anos, foi preso em flagrante na manhã desta segunda-feira (6) pela Polícia Federal em Campo Grande, na zona norte do Rio, acusado de compartilhar arquivos com cenas de abuso e de exploração sexual de crianças e adolescentes.

De acordo com a corporação, o idoso armazenava e transmitia os crimes pela internet, em rede internacional.

Leia também: RJ: Duque de Caxias autoriza volta às aulas de escolas privadas

No momento da prisão, os policiais capturaram o criminoso em uma escola desativada, onde ele morava e trabalhava. Com o idoso, foi encontrado inúmeros arquivos com cenas de violência sexual contra crianças.

O material apreendido será encaminhado para a realização de exames periciais. Após a análise, o homem poderá sofrer outras penas como estupro de vulnerável.

Segundo a delegada Paula Mary, as principais vítimas dos arquivos encontrados são crianças entre três a cinco anos. A delegada também alerta que os principais abusadores estão entre as pessoas mais próximas das vítimas.

Expedido pela 3ª Vara Criminal Federal do Rio, o criminoso poderá cumprir reclusão de 1 a 4 anos pelo crime.