Coronavírus

Rio de Janeiro Ilha de Paquetá, no Rio, começa a vacinar hoje toda população adulta

Ilha de Paquetá, no Rio, começa a vacinar hoje toda população adulta

Ação vai avaliar os efeitos da vacinação em larga escala e pode tornar a cidade a primeira área livre de covid-19 do Rio

  • Rio de Janeiro | Do R7, com informações da Agência Brasil e Agência Estado

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga aplica vacina em Paquetá neste domingo (20)

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga aplica vacina em Paquetá neste domingo (20)

ERBS JR./FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 20/06/2021

Começa neste domingo (20) a vacinação contra a covid-19 de toda a população adulta da Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 1,6 mil moradores da ilha que pertence ao município do Rio de Janeiro devem ser imunizados hoje com a vacina Oxford/Astrazeneca, produzida pela Fiocruz.

Até o dia 17 de junho, 1.946 pessoas já haviam recebido a primeira dose de alguma das vacinas contra a covid-19 em Paquetá, e 1.132 moradores a  segunda dose até a mesma data. A ação faz parte do projeto “PaqueTá vacinada”, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde com apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e tem o objetivo de avaliar os efeitos da imunização em larga escala.

Participaram do iní­cio da campanha o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que aplicou doses da vacina (foto), o prefeito Eduardo Paes, o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz; e a presidente da Fiocruz, Nisia da Trindade.

Área livre de covid e Carnaval fora de hora

Em uma transmissão ao vivo na internet com a Associação de Moradores de Paquetá (Morena), realizada na última semana, pesquisadores da Fiocruz e o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, explicaram como funcionará o estudo, que terá um ano de duração e espera antecipar os efeitos da vacinação que meses depois serão observados no restante da cidade.

"Nossa esperança e principal expectativa é que Paquetá seja a primeira área do Rio de Janeiro livre da covid-19, e a gente poder falar que estamos há tantos dias sem nenhum caso de covid-19 em Paquetá. A expectativa é que isso aconteça 14 dias após a segunda dose, mas pode acontecer de a imunidade coletiva ser até mesmo com a primeira dose. Vamos analisar diariamente a curva de casos", disse Soranz.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, confirmou em uma rede social que "se tudo der certo", a prefeitura vai realizar o primeiro evento teste pós vacinação. O evento vai ser uma espécie de Carnaval fora de época e está previsto para setembro, apenas com a população local, após vacinação em massa na região.

Ilha isolada

Paquetá tem uma única entrada e saída pela Baía da Guanabara

Paquetá tem uma única entrada e saída pela Baía da Guanabara

Alexandre Macieira/Riotur

Paquetá foi escolhida para esse estudo  por ter uma série de características, como o fato de ser uma ilha, com uma única entrada e saída pela Baía de Guanabara. O bairro tem apenas uma unidade de saúde, que possui um cadastro de saúde da família bem consolidado com capacidade de monitorar a evolução dos casos.

Meio milhão de mortos

No sábado (19), o Brasil ultrapassou a marca de 500 mil mortos por covid-19. O Brasil contabiliza agora 500.800 óbitos e 17.883.750 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença.

Desde janeiro, quando a primeira pessoa foi vacinada, até o momento, apenas 11,5% da população recebeu as duas doses do imunizante contra a doença, o que corresponde a 24.426.291 pessoas, segundo dados do Ministério da Saúde. Com a primeira dose são 63.302.237 vacinados (29,89%).

Últimas