Instituições do judiciário retornarão às atividades presenciais no RJ

De acordo com as instituições, medida poderá ser suspensa caso ocorra alta nos números de infectados pelo novo coronavírus no Rio de Janeiro 

Instituições passaram mais de cem dias em trabalho remoto

Instituições passaram mais de cem dias em trabalho remoto

Agência Brasil

As instituições do poder judiciário do Rio de Janeiro (Ministério Público, Tribunal de Contas, Defensória Pública e a Procuradoria-Geral) informaram nesta segunda-feira (29) que retornarão de forma gradual e reduzida as atividades presenciais.

De acordo com as instituições, medida poderá ser suspensa caso ocorra alta nos números de infectados pelo novo coronavírus no estado.

Leia mais: Rio tem primeiro dia útil de reabertura do comércio de rua

Em nota oficial, os poderes afirmaram que durantes os mais de cem dias de trabalhado remoto, eles adotaram medidas de segurança do trabalho e seguiram rigorosamente as recomendações das autoridades sanitárias.

Agora, segundo o decreto, chegou o momento da retomada gradual das atividades presenciais do poder judiciário do Rio.

“Com toda segurança e cautela que a situação exige, uma vez que todas as instituições prestam serviços públicos essenciais à população do estado”, ressalta trecho da nota.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa