Rio sob intervenção
Rio de Janeiro Interventor autoriza compra de R$ 76 mi em coletes à prova de balas

Interventor autoriza compra de R$ 76 mi em coletes à prova de balas

General Braga Netto libera aquisição de mais de 14 mil coletes; decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (30)

Rio comprará R$ 76 milhões em coletes à prova de balas

Coletes serão destinados a PMs e agentes penitenciários

Coletes serão destinados a PMs e agentes penitenciários

ROMMEL PINTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/23.08.2018

O Interventor Federal na Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro, general Braga Netto, autorizou a compra, em regime de urgência, de 14.875 coletes à prova de balas no valor de aproximadamente R$ 76 milhões. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (30) no Diário Oficial da União.

Os coletes que serão adquiridos podem suportar tiros de fuzil 7.62 e outros calibres com menor poder ofensivo. Considerados de nível III na escala de proteção balística, a compra atenderá a Polícia Militar e a SEAP (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária).

Em nota, a SESEG (Secretaria de Estado de Segurança) afirmou que os coletes adquiridos substituirão outros que estão no final da vida útil e vão melhorar as condições de proteção dos agentes militares e penitenciários.

Intervenção na Baixada Fluminense

Homens do Exército foram vistos, na última quarta-feira (29), no centro de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, em um comboio que contava com carros blindados. As imagens foram feitas um dia após um confronto entre traficantes pelo controle do território das comunidades do Castelar e Palmeira.

Segundo o coronel Carlos Cinelli, porta-voz do CML (Comando Militar do Leste), não há operações na região. Esta movimentação dos militares faz parte do patrulhamento rotineiro.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Raphael Hakime