Rio de Janeiro Jovem confundido com filho de traficante deixa prisão após 10 dias

Jovem confundido com filho de traficante deixa prisão após 10 dias

Justiça do Rio expediu alvará de soltura de Vinícius Matheus Teixeira, de 21 anos, nesta quarta-feira (13)

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo*, do R7, com Renata Loures, da Record TV Rio

O jovem Vinícius Matheus Teixeira, de 21 anos, preso após ser confundido com o filho de um traficante, deixou na tarde desta quarta-feira (13) o sistema prisional de Benfica, na zona central do Rio de Janeiro.

Vinícius deixou a prisão acompanhado dos pais

Vinícius deixou a prisão acompanhado dos pais

Reprodução/Record TV Rio

Vinícius saiu do presídio abraçado pela família e não falou com a imprensa. Ele e os parentes se dirigiram a Macaé, no norte fluminense, onde moram. O alvará de soltura foi expedido na manhã desta quarta pela juíza Juliana Ferraz Krykthtine, da 4ª Vara Criminal de Niterói.

O músico foi preso no último dia 4 em razão de seu pai, Messias Gomes Teixeira, ter o mesmo nome do chefe do tráfico do morro do Palácio, em Niterói, na região metropolitana, conhecido como Feio.

A magistrada Krykthtine negou responsabilidade da Justiça no reconhecimento indevido do jovem como o filho do criminoso, que foi denunciado pelo Ministério Público do Rio em 2019 por envolvimento com o tráfico, após a prisão do pai.

Segundo a defesa de Vinícius, o erro poderia ter sido evitado se tivesse sido checada a filiação ou a data de nascimento do pai do jovem. Uma certidão que comprovava a inexistência de vínculo entre o músico e o traficante constava nos autos do processo, de acordo com o advogado Daniel Carvalho.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas