Coronavírus

Rio de Janeiro Juiz que exigiu vacinação da mulher deve prestar depoimento no Rio

Juiz que exigiu vacinação da mulher deve prestar depoimento no Rio

Homem gerou confusão ao querer que mulher fosse vacinada fora da data prevista para a idade dela

O susposto juiz que exigiu a vacinação da mulher foi identificado e convocado a prestar depoimento na 15ªDP (Gávea), na zona sul do Rio.

O caso aconteceu no dia 19 de março no posto de saúde em São Conrado, zona sul do Rio. O homem gerou confusão ao se identificar como juiz e tentar obrigar profissionais a vacinarem sua esposa.

Senhora tentou ser vacinada fora da data prevista para sua idade no Rio

Senhora tentou ser vacinada fora da data prevista para sua idade no Rio

Reprodução/ Record TV Rio

A vacinação no Rio acontece de forma escalonada dividida por idade e gênero. No dia da confusão, era prevista a imunização de homens com 75, conforme o calendário divulgado pela Prefeitura da cidade.

De acordo com o CMS Vila Canoas, a senhora não poderia ser vacinada no dia pelo quesito gênero e também por idade, já que tem 73 anos.

Ainda de acordo com a unidade, a esposa do suposto juiz insistiu e argumentou que deveria receber a vacina por não ter se adaptado ao uso de máscaras. Após diversas tentativas da equipe de convencer o casal ao utilizar a proteção, o homem insultou os funcionários.

A Polícia Militar foi até o local e colheu o depoimento da agente de saúde e informou que não houve registro de ocorrência no 23º BPM (Leblon) sobre a situação.

*Sob supervisão de PH Rosa

Últimas