Operação Lava Jato

Rio de Janeiro Justiça condena Sérgio Cabral pela 15ª vez em processos da Lava Jato

Justiça condena Sérgio Cabral pela 15ª vez em processos da Lava Jato

Ex-governador do RJ teria lavado outros R$ 3,1 milhões provenientes de propina. Penas somadas do político chegam a quase 303 anos

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Record TV Rio

Soma das condenações de Cabral passa dos 300 anos

Soma das condenações de Cabral passa dos 300 anos

Arquivo/Agência Brasil

A Justiça condenou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral pela 15ª vez em processos ligados à operação Lava Jato. O político foi considerado culpado pela denúncia de lavagem de R$ 3,1 milhões arrecadados em um esquema de corrupção que seria chefiado por ele mesmo.

Com mais esta condenação de 8 anos e 7 meses de prisão, as penas de Cabral somadas chegam a 302 anos, 10 meses e 3 dias. O ex-governador já havia sido conenado a mais 11 anos no final de agosto.

Cabral já tem mais de 30 denúncias feitas pelo MPF (Ministério Público Federal), sendo a última delas oferecida em meados deste mês relacionada à corrupção passiva e ativa envolvendo operadores financeiros e construtoras.

Atualmente, o ex-governador do Rio de Janeiro, que comandou o Estado entre 2007 e 2014, está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste da capital fluminense. Cabral foi detido em 17 de novembro de 2016 pela Polícia Federal durante a operação Calicute.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas