Rio de Janeiro Justiça dá liberdade a produtor acusado de participar de assalto

Justiça dá liberdade a produtor acusado de participar de assalto

Conhecido como "Gugu", Ângelo Gustavo está preso há um ano após ser reconhecido por foto extraída de uma rede social

  • Rio de Janeiro | Inácio Loyola do R7*, com Record TV Rio

A Justiça concedeu liberdade para o produtor cultural Ângelo Gustavo, conhecido como "Gugu", que está preso há um ano após ter sido acusado de envolvimento em um roubo de carro, nesta terça-feira (31).

A advogada Tamylle Saldanha confirmou à Record TV Rio que o TJ (Tribunal de Justiça) foi favorável ao parecer de soltura do jovem.

Ângelo está preso desde 2020

Ângelo está preso desde 2020

Divulgação/RecordTV

O julgamento foi realizado em uma sessão virtual da 4ª Vara Criminal do TJ-RJ às 13h. A defesa apontou uma série de erros na investigação e no reconhecimento de Ângelo através de uma fotografia de uma rede social.

Os familiares realizaram uma manifestação, nesta segunda-feira (30), no Largo do Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, pedindo a liberdade do jovem.

Após a decisão, a advogada e família foram ao Tribunal de Justiça para expedir o alvará de soltura. Um perfil nas redes sociais publicou um vídeo que mostra o momento do parecer favorável a Ângelo Gustavo na sessão virtual:

https://www.instagram.com/tv/CTPr1iegU5v/?utm_medium=share_sheet

* Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas