Rio de Janeiro Justiça decreta prisão de suspeito de matar garçom dentro de trem no Rio; ciúme teria sido motivação

Justiça decreta prisão de suspeito de matar garçom dentro de trem no Rio; ciúme teria sido motivação

Homem não aceitava relação de Jairo Jonathan Tudes, de 24 anos, com sua ex-esposa, de acordo com as investigações

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*, com Rael Policarpo, da Record TV Rio

Jairo deixou filho de quatro anos

Jairo deixou filho de quatro anos

Reprodução/Record TV Rio

A Justiça do Rio de Janeiro decretou, nesta quinta-feira (30), a prisão temporária do suspeito de matar o garçom Jairo Jonathan Pedrosa Tudes, de 24 anos, dentro de um trem da Supervia na última segunda (27). O homem se entregou à polícia nesta quarta (29).

A decisão da juíza Isabel Teresa Diniz levou em conta os depoimentos de seis testemunhas do crime. Uma delas reconheceu o homem preso como o responsável por atirar contra Jairo.

De acordo com as investigações, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com sua ex-mulher, com quem foi casado por três anos. Após terminar o casamento em fevereiro deste ano, ela passou a se relacionar com Jairo, com quem já havia tido uma conexão no passado. A situação teria motivado uma crise de ciúmes do ex-marido e o levado a cometer o crime.

Segundo o delegado Luiz Otávio Franco, após se entregar aos agentes do Bangu Presente, o suspeito ficou em silêncio durante seu depoimento na Delegacia de Homicídios da Capital. No entanto, ele disse que a polícia já possui indícios suficientes para apontá-lo como autor do assassinato.

Jairo Jonathan foi morto dentro do vagão do trem quando a composição parou na estação de Deodoro, na zona oeste do Rio. Testemunhas afirmaram que o atirador estava sentado atrás do jovem e disparou uma vez contra a cabeça dele, deixando o local do crime em seguida.

A vítima era ex-paraquedista do Exército e trabalhava como garçom em dois restaurantes na Tijuca, na zona norte. Ele deixou um filho de quatro anos.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas