Rio de Janeiro Justiça do Rio decreta prisão preventiva de Sininho e outros 2 ativistas

Justiça do Rio decreta prisão preventiva de Sininho e outros 2 ativistas

Réus teriam participado de protesto em outubro deste ano 

Justiça do Rio decreta prisão preventiva de Sininho e outros 2 ativistas

Sininho teve prisão preventiva decretada nesta quarta-feira (3)

Sininho teve prisão preventiva decretada nesta quarta-feira (3)

Agência O Dia / Arquivo / 25-10-2013

A Justiça do Rio decretou nesta quarta-feira (3) a prisão preventiva dos ativistas Elisa Quadros, a Sininho, Igor Mendes da Silva e Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, conhecida como Moa. Os três teriam participado de um protesto na Cinelândia, centro do Rio, em outubro deste ano, em descumprimento a uma medida cautelar imposta no habeas corpus concedido em agosto.

O juiz Flavio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal da Capital, foi autor da decisão. Em nota, o magistrado afirmou que ao descumprir as medidas cautelares, os réus “insistem em encontrar os mesmos estímulos para a prática de atos da mesma natureza daqueles que estão proibidos.”

Os mandados de prisão já foram expedidos. Igor da Silva foi preso. Sininho e Moa estão foragidas.

    Access log