Rio de Janeiro Justiça libera ex-prefeito Marcelo Crivella de prisão domiciliar

Justiça libera ex-prefeito Marcelo Crivella de prisão domiciliar

Crivella apresentou às autoridades relatórios e documentos com movimentações financeiras que comprovam seus rendimentos

O ex-prefeito Marcelo Crivella

O ex-prefeito Marcelo Crivella

Record TV Rio

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, teve sua prisão domiciliar revogada nesta sexta-feira (12) pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes. A Justiça acatou ao pedido de liberdade feito pela defesa do político, que apresentou às autoridades relatórios e documentos com as movimentações financeiras que comprovam seus rendimentos.

Mendes escreveu ainda que "revogo a prisão domiciliar e as demais cautelares fixadas pela decisão liminar do STJ no HC 636.740". O ministro do STF determinou também "o comparecimento periódico em Juízo, no prazo e nas condições fixadas pelo juiz de origem, para informar e justificar atividades". Gilmar determinou ainda "proibição de manter contato com demais investigados (...) e proibição de deixar o país".

O ex-prefeito foi preso no dia 22 de dezembro do ano passado suspeito de corrupção. A decisão de prendê-lo foi da desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita, a mesma que determinou o afastamento de Crivella da prefeitura nove dias antes do término de seu mandato.

Últimas