Rio de Janeiro Líder de quadrilha de agiotagem do Rio é preso em Minas Gerais

Líder de quadrilha de agiotagem do Rio é preso em Minas Gerais

Guilherme Aguiar estava foragido desde o começo do ano, quando fugiu durante operação da 44ª DP (Inhaúma)

Preso em Minas, homem vai ser transferido pro Rio

Preso em Minas, homem vai ser transferido pro Rio

Divulgação/Polícia Civil

Policiais da 76ª DP (Niterói) prenderam, em Minas Gerais, o homem considerado líder de uma das maiores quadrilhas de agiotagem do Rio. Guilherme Aguiar, de 39 anos, conhecido como Macarrão, foi detido em cumprimento de mandado de prisão pelos crimes de organização criminosa e extorsão.

Segundo a Polícia Civil, ele estava foragido desde o início deste ano, quando fugiu durante a operação Mercadores de Veneza, realizada pela 44ª DP (Inhaúma).

Além de chefiar a quadrilha, ele era dono de um dos quiosques da praia de Camboinhas, em Niterói. Segundo a polícia, ele ostentava vida de luxo e era conhecido na cidade.

A quadrilha atuava com agiotagem, cobrando juros abusivos e empréstimos antigos, que por vezes já haviam até sido quitados. Eles ameaçavam e cobravam até pessoas que nunca fizeram dívidas com o grupo.

Guilherme estava escondido em um sítio na zona rural da cidade de Contagem, em Minas. Policiais fizeram cerco, mas ele conseguiu fugir. Na sexta-feira (29), ele acabou preso em Belo Horizonte, após ter o carro identificado e interceptado.

Ele foi encaminhado para o sistema prisional de Minas, onde deve aguardar transferência para o Rio de Janeiro.

Últimas