Rio de Janeiro Mãe é presa após filha morrer por suspeita de negligência no Rio

Mãe é presa após filha morrer por suspeita de negligência no Rio

Menina de 4 anos chegou a hospital desidratada; Conselho Tutelar afirma que não observou indícios de maus tratos 

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*, com Record TV Rio

Uma mulher foi presa em flagrante por ser suspeita de ter causado a morte da filha de 4 anos, que apresentava sinais de negligência. O caso ocorreu nesta quinta-feira (4) na Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro.

Mãe foi presa em flagrante por suspeita de negligência

Mãe foi presa em flagrante por suspeita de negligência

Reprodução/Record TV Rio

Nesta madrugada, a criança foi levada ao Hospital Miguel Couto com quadro de desidratação, diarreia e palidez, após o irmão de 11 anos alertar a mãe sobre o estado da filha. A menina morreu horas depois.

Após o óbito da criança, os médicos acionaram a polícia e agentes da 11ª DP (Rocinha) prenderam a mãe em flagrante.

Segundo a delegada Flávia Monteiro, a mulher não demonstrou comoção com a morte da filha. A agente afirma que a polícia suspeita de que a criança poderia ser rejeitada pela mãe por apresentar problemas de desenvolvimento.

A delegada relatou que a mãe tem ainda outros três filhos morando com ela, e que a mesma alegou viver de bicos e com a ajuda de vizinhos.

A polícia irá ouvir vizinhos da mulher, além dos médicos que atenderam a menina no Miguel Couto e um tio das crianças, que agora ficará responsável pelos cuidados delas.

Procurado, o Conselho Tutelar 13, que atende a região de São Conrado e Rocinha, informou que, após avaliação inicial do caso da menina Larissa Rodrigues da Silva, de 4 anos, não observou indícios de que a criança tenha sido vítima de maus-tratos. O órgão destacou que a análise foi realizada pelo colegiado e pelo corpo técnico.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas