Rio de Janeiro Moradores da Maré recebem 2ª dose da vacina contra Covid-19

Moradores da Maré recebem 2ª dose da vacina contra Covid-19

Campanha #VacinaMaré aplica imunizante da AstraZeneca em população com 18 anos ou mais até sábado (16)  

  • Rio de Janeiro | Inácio Loyola, do R7*

A segunda etapa da campanha #VacinaMaré começou nesta quinta-feira (14) na região da zona norte do Rio de Janeiro. Os moradores vão completar o ciclo de imunização contra a Covid-19 com a aplicação em massa da segunda dose da vacina da AstraZeneca.

Moradores da Maré vão completar ciclo de imunização nesta semana

Moradores da Maré vão completar ciclo de imunização nesta semana

Divulgação/Prefeitura do Rio

O atendimento à população será dividido por faixa etária. Nesta quinta-feira (14), pessoas com 25 anos ou mais serão vacinadas. Na sexta-feira, será a vez dos moradores com 18 anos ou mais.

No sábado (16) acontece uma repescagem para a população com 18 anos ou mais que ainda não tomou a primeira dose.

Os postos funcionarão das 8h às 17h nas clínicas da família e centros municipais de saúde do Complexo da Maré, bem como nas associações de moradores da Vila do João, Marcílio Dias, Parque União, Morro do Timbau, Rubens Vaz, Vila do Pinheiro e Roquette.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, destacou a importância da campanha para proteger a população.

“Na primeira etapa da pesquisa #VacinaMaré, a gente viu os números de casos e de internações por Covid-19 caírem abruptamente. A gente já consegue verificar a altíssima eficácia da vacina da AstraZeneca na primeira dose, quando aplicada em grupo. E agora, com a segunda dose, é um momento de consolidar essa cobertura”, afirmou Soranz.

De acordo com o secretário, a pesquisa possibilita a coleta e o mapeamento dos casos de Covid-19 que aconteceram na Maré. Ele informou que a variante Delta continua predominante na localidade e ressaltou a redução dos casos de internação por Covid-19 com o avanço da imunização.

“Conforme o número de pessoas vacinadas aumenta, o número de casos de internação por Covid-19 diminui. Hoje nós temos o melhor cenário epidemiológico não só no Rio, mas no Brasil. Justamente por causa da cobertura vacinal, que vem crescendo de maneira bastante alta na primeira dose e, sobretudo, com a segunda dose”, disse o secretário.

A vacinação em massa na Maré teve início em julho. A ação é uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e a ONG (organização não governamental) Redes da Maré.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira.

Últimas