Coronavírus

Rio de Janeiro Moradores da Maré recebem 2ª dose da vacina na próxima semana

Moradores da Maré recebem 2ª dose da vacina na próxima semana

Imunizante contra covid-19 será aplicado em três dias. Mais de 36 mil pessoas já se vacinaram na primeira etapa

  • Rio de Janeiro | Da Agência Brasil

Primeira etapa do projeto Vacina Maré aplicou imunizante contra covid em mais de 36 mil pessoas

Primeira etapa do projeto Vacina Maré aplicou imunizante contra covid em mais de 36 mil pessoas

Fernando Frazão/ Agência Brasil/ 16.07.2021

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio, em parceria com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e a Organização Não Governamental Redes da Maré, vai  aplicar a segunda dose da vacina contra a covid-19 na população do Complexo da Maré, zona norte do Rio, em três dias da próxima semana. A segunda dose será organizada por faixa etária.

Na quinta-feira (14), serão vacinadas pessoas com 25 anos ou mais. No dia seguinte (15), os moradores com 18 anos ou mais. Já no sábado (16) haverá a repescagem para quem ainda não tomou a primeira dose e tiver 18 anos ou mais.

Os postos de vacinação funcionarão das 8h às 17h nas clínicas da família e centros municipais de saúde do complexo e nas associações de moradores da Vila do João, Marcílio Dias, Parque União, Morro do Timbau, Rubens Vaz, Vila do Pinheiro e Roquette Pinto.

Na primeira etapa do projeto “Vacina Maré”, que aconteceu entre os dias 29 de julho e 1° de agosto, 36.929 pessoas foram vacinadas, superando a expectativa inicial da ação que era imunizar 30 mil moradores da comunidade. O estudo na Maré é conduzido pela Fiocruz e avaliará aspectos como a efetividade da vacina, medindo anticorpos e verificando a taxa de proteção direta conferida e a imunidade de rebanho (proteção indireta); a ocorrência de eventos adversos pós-vacinação; a transmissão e circulação de diferentes variantes; e a dinâmica epidemiológica do coronavírus nas dezenas de comunidades do Complexo.

Criação

O bairro da Maré, criado em 1994, compreende um conjunto de 17 comunidades onde moram cerca de 140 mil pessoas. A região margeia a Baía de Guanabara e está localizada entre importantes vias rodoviárias que cortam a cidade do Rio de Janeiro: Avenida Brasil, Linha Vermelha, Linha Amarela e Transcarioca. Essa área se estende paralelamente à pista de subida da Avenida Brasil (sentido zona oeste da cidade), desde a Fiocruz (antigo prédio do Ministério da Saúde, em Manguinhos) - passando pela entrada para o Aeroporto Internacional do Galeão - até o bairro da Penha.

Últimas