Moradores de comunidade de São Gonçalo fazem novo protesto

Os manifestantes tentam fechar a rodovia RJ-100, antiga estrada de Maricá

Vendedor de pães foi baleado e morreu durante operação da Polícia Civil
Vendedor de pães foi baleado e morreu durante operação da Polícia Civil Reprodução / Facebook

Moradores da comunidade Campo Novo, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, fazem novo protesto nesta manhã de quinta-feira (31) na rodovia RJ-100, antiga estrada de Maricá, em memória de Felipe Silva, morto nesta noite de quarta (30). Amigos e familiares da vítima acusam a Polícia Civil de ter feito o disparo que atingiu o rapaz.

Neste momento a antiga estrada de Maricá está totalmente fechada. Segundo informações, o comércio local está fechado e os manifestantes protestam na rodovia.

No momento da morte de Felipe acontecia uma operação da 75ª DP (Rio do Ouro) na comunidade. A Polícia Civil declarou que foi confirmada uma morte na última noite durante a ação de seus agentes no bairro, no entanto, ela não se pronunciou sobre as acusações de que o disparo teria partido de um policial.