Rio de Janeiro Morre quarto baleado em bar de Vigário Geral, zona norte do Rio

Morre quarto baleado em bar de Vigário Geral, zona norte do Rio

Lucas Ferreira de Souza Alves, 25, foi um dos três homens que ficaram internados após ataque; três vítimas morreram na hora

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Lucas morreu após 2 dias internado

Lucas morreu após 2 dias internado

Reprodução/Record TV Rio

Um dos homens que estava hospitalizado após o ataque a um bar em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro, morreu na noite desta quarta-feira (14). Lucas Ferreira de Souza Alves, de 25 anos, foi uma das seis vítimas de um guarda municipal que disparou contra o local na última segunda. 

A polícia investiga o que motivou o agente Fábio Damon Fragoso da Silva a ter efetuado os disparos contra os vizinhos, que seriam amigos de longa data. De acordo com a Guarda Municipal do Rio, não há registro de mau comportamento dele.

Em nota, foi informado que Fábio teve um problema médico em 2012, durante o serviço, mas foi levado para o hospital e não houve afastamento na ocasião.

Vítimas

Além do atirador, o paciente Wilson Lima Fraga está internado no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. Ambos estão em estado grave.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Antônio Pereira de Souza foi transferido para uma unidade particular, na terça-feira (13), a pedido da família.

Na tarde de ontem, o corpo de Délcio Fernando Gonçalves, 55, foi enterrado no cemitério Jardim da Saudade, em Paciência, zona oeste do Rio. Além ele, Anderson Pinto Lourenço, 47, e André da Silva Ramos, 51, também morreram na hora. 

O corpo de André foi sepultado no cemitério do Caju, na zona norte. 

As investigações estão a cargo da Delegacia de Homicídios da Capital.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas