Rio de Janeiro MP-RJ denuncia pais e tio por abuso sexual de adolescente

MP-RJ denuncia pais e tio por abuso sexual de adolescente

Investigações apontam que pai e mãe teriam permitido que o suspeito cometesse o crime em troca de dinheiro

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Jornal da Record

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou o tio, o pai e a mãe de uma adolescente por abuso sexual na Ilha do Governador, na zona norte do Rio.

MP-RJ denunciou tio e pais por abuso sexual

MP-RJ denunciou tio e pais por abuso sexual

Fernando Frazão / Agência Brasil

De acordo com as investigações, os abusos aconteciam no apartamento do suspeito, quando a vítima tinha 13 anos – atualmente, ela tem 17 anos. Ele é 43 anos mais velho que a menina.

Após 4 anos de abusos, a jovem resolveu denunciar o caso ao Conselho Tutelar. A denúncia causou a separação do suspeito, mas não tirou a adolescente da casa do tio.

Os pais resolveram não levar a denúncia adiante, pois o homem teria feito um pedido de desculpas. Além disso, o homem passou a ajudá-los financeiramente e sustentar a adolescente. Ele também a presenteava com joias, roupas de grife e viagens internacionais.

“Há 24 anos eu vejo crimes e é um caso que me choca.”, disse o promotor de Justiça, Sauvi Lai, em entrevista ao Jornal da Record.

UFRJ começa vacinação contra a covid-19 nesta quinta-feira (21)

Ao ser intimado, o suspeito alegou que morava com a vítima e admitiu ter um afeto diferenciado por ela, mas negou relações sexuais com a menor. Procurados pelo Jornal da Record, o tio e os pais não quiseram comentar o caso.

A Justiça pediu a prisão preventiva dos três. Atualmente, a jovem mora com a avó.
“São pessoas esclarecidas, são pessoas educadas... E eu me deparo de novo com mais uma criança vítima de um estuprador com o consentimento da família.”, afirmou Sauvi.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas